Skip to content

publicações

Alterações Climáticas e Mudança Social: Processos de Adaptação em Zonas Costeiras Vulneráveis

2011

Tipo de Publicação: Comunicação

Schmidt, Luísa, Santos, Filipe Duarte, Prista, Pedro, Saraiva, Tiago e Gomes, Carla (2011). “Alterações Climáticas e Mudança Social: Processos de Adaptação em Zonas Costeiras Vulneráveis”. Actas do VI Congresso sobre Planeamento e Gestão das Zonas Costeiras dos Países de Expressão Portuguesa, APRH, 4 a 8 de Abril de 2011, Boavista, Cabo Verde.

Alterações Climáticas e erosão costeira têm chamado a atenção para a fragilidade do litoral europeu com destaque para a costa atlântica. O modo como essa fragilidade tem sido mediaticamente projectada como uma surpresa e como uma emergência tem feito esquecer a longa tradição que assume os litorais como lugares de forte instabilidade. As alterações climáticas e os seus impactos costeiros vêm assim inscrever-se na história de sociedades que sempre enfrentaram um ambiente em constante mudança.

Partindo de três estudos de caso, o Projecto CHANGE aborda a actual condição social da percepção do risco. Trata-se de três zonas particularmente instáveis do litoral, nas quais ao longo das últimas décadas foram instalados núcleos urbanos com forte motivação turística, a partir de pequenos núcleos piscatórios: Vagueira, Costa da Caparica e Quarteira. Apesar destas três zonas terem em comum dinâmicas de crescimento recentes caracterizadas por grandes pressões urbanísticas, sofreram, no entanto, processos diferenciados de ocupação e apresentam diferentes graus de erosão. Perante a iminência de eventuais recuos da linha de costa, a pesquisa procura entender que significado os actuais processos de afectação costeira terão para os diferentes segmentos de população, e de que modo deverá ser organizada uma resposta pública de adaptação perante um leque de cenários plausíveis. Nesta comunicação pretende-se: 1) apresentar dados preliminares sobre os estudos de caso, incluindo a importância da história e memória da erosão costeira; 2) problematizar o cruzamento das políticas públicas de ordenamento litoral, tendo em vista os processos de adaptação às alterações climáticas.

Publicação associada ao Projecto CHANGE.